Colorful my life with the chaos of trouble

Como qualquer escritor, preciso de situações tristes ou felizes na minha vida para conseguir escrever… é engraçado, porque em menos de uma semana recebi uma caralhada de mensagens para eu voltar pro blog, porque sentiam falta dos meus textos (mesmo eu achando aqui mega pessoal, e 0,1% de moda, o que nao deveria ser), me sinto lisonjeada.. e conforme minha vida melhora, sinto essa vontade voltar.

Vamos ao primeiro passo, estado emocional de FELICIDADE SUPREMA, que veio após um grande período de dúvidas, incertezas e lágrimas.. recapitulando que a partida de Cianorte foi um momento difícil na vida: abandonar pessoas queridas, trabalho que eu amava, e finalmente a UEM. Já em contraposição a infinita vontade de vir logo para cidade grande, aquela ansia avassaladora.

Assim, inventei um curso para que esse sonho desse início! Legaaaaaal.. uma “pós” de duas vezes na semana ja me garantia a obrigação de morar na terra sem me justificar tanto para minha mãe, e por ter sido uma excelente filha nos últimos anos, uma permissão de braços abertos já que é SÃO PAULO. OK! Com minha mãe o problema nunca foi nada grande, partindo pelo princípio que apesar de implicante como qqr mae, ela sempre conseguiu o posto de melhor mãe do mundo, que abraça todas as causas e me incentiva a fazer tudo que eu gosto. Até ai tudo bem! Até que vem um lado muuuuuuito chatinho da minha vida, aquele duende insolente que vive dentro das nossas cabeças: a paranóia.

Incrivelmente todas as pessoas que me abraçaram na formatura falaram a msma coisa para mim: PARA DE TER MEDO! CONFIA MAIS EM VOCE (tradução: CHEGA DE PARANÓIA, ACHOUA). Legal, nao sou a pessoa mais segura do mundo, nem perto, nem pertinho assim oh.. mas resolvi fazer o que falaram pra mim, e o que eu falo para os outros: dei minha cara a tapa.

Beleza, prazo máximo: pós formatura da Maíra, segunda feira 27/02 – são paulo.

EIS QUE! Estoy aqui, e em menos de uma semana me sinto a pessoa mais LEEEEEEEEEEEVE E FELIZ DO MUNDOOOOOOOOOOOOOOO! Voce sabe o que é isso? É se sentir livre quando todo aquele transito na rebouças tá enlouquecido porque todo mundo tem que chegar há algum lugar, e felizmente EU TENHO UM LUGAR PRA CHEGAR. Gosto de ser mais uma na multidão, de correr no metro, de ficar olhando todos os onibus pra TENTAR nao me perder, e msmo assim isso acontece, gosto de ir num ambiente que ninguém te julga pelas mil tatuagens, de ser do meu jeito, de não ter que correr pra ir pra facul a noite, de não ter que dormir tarde estudando um maldito tcc, e finalmente, comer tudo que eu quero comer pq tá aberto, comprar tudo que eu quero comprar porque TÁ ABERTO! É isso que eu sinto nessa porra de cidade que muita gente detesta por causa do transito, e piririri, eu voltei a me sentir viva, como eu NUNCA me senti em Cianorte. Era só isso que eu queria, CAOS!

Pra voce pode ser o texto mais idiota que tenha lido, mas nao sou uma menina pirada, voce nunca viveu no interior?

QUERO DANÇAR NA RUA!

Happy


Who would have known how bitter-sweet this would taste?

Quanto tempo eu nao via o amanhecer de Cianorte? Ontem eu lembrei como eu amava morar aqui, ver esse céu limpinho que tem essa cidade..

Eu não sei se consigo escrever aqui como eu gostaria, porque meu coração tá apertado, ontem na festa da MR eu nao queria ficar perto de ninguém, não queria ninguém me dando tchau, ou qualquer coisa parecida, porque eu não quero me despedir.. eu tenho pra mim que sempre terei essas pessoas que conviveram comigo nessa jornada dentro do meu coração onde eu estiver.. tiveram abracos que nao consegui falar nada, só chorar, chorar, chorar, chorar.. como eu to fazendo agora.. e tiveram outros que nao conseguiram me falar nada também.

Criei mãe, pai e irmãos dentro daquele lugar que me fez feliz por tanto tempo.. Engraçada essa sensação, antes de tomar minha decisão eu estava chorando desse jeito, com um aperto enorme no peito, e agora eu to chorando muito de novo como se eu nao quisesse ir mais.. éééé, se não doesse..

Enfim! Ontem foi uma noite maravilhosa-osa-osa.. o Show do Charlie Brown foi incrível e mesmo passando mal como passei, amei estar com todos essa última noite :(

Hoje é dia de férias, bebe!

Someone like you

 

Essa música dói num tanto..

Another Sunny Day

Ir embora é como terminar um relacionamento duradouro, meu coração tá apertadinho, pequetito.. eu ainda não chorei, lógico, minha ficha não caiu completamente.. mas parece que foi o único final de semana que não reclamei de estar em Cianorte.  A sensação é completamente estranha.. ter que mexer em todas as minhas coisas, decidir o que fica, o que vai, achar coisas do passado, amigas, ex namorado, lembrar desses 4 anos, das coisas que me machucaram, das coisas que me alegraram, e principalmente : do que vai me fazer feliz agora.

Não me sinto fraca por assumir que não dava mais, sou forte por ainda ter oportunidade de sonhar, e me dar essa chance de tentar coisas novas. Diferente de algumas pessoas da minha idade, eu acredito sim que me esforcei MUITO para abrir as portas e caminhar pra onde eu quero.. Hoje, eu não to deixando só Cianorte e a UEM, eu to deixando meu emprego, que um dia foi o meu emprego dos meus sonhos.. e sabe? Eu não me arrependo nem um pouco, eu fiz meu melhor enquanto eu pude, e hoje eu quero mais.. quero aprender mais, me dedicar mais, e sempre querer muito mais de mim.Logico, to cagando de medo, mas se eu nao tiver medo das coisas quer dizer que sou perfeita, que nada mais tem graça.. e ai.. pra que viver? não é mesmo.

Hoje deixo voces com minhas fotos antigas da facul, que vão me deixar muita saudade, momentos que realmente MARCARAM a minha jornada e construção de carater e de vida profissional.. ao som de Adele nesse momento :)

Nothing compares, no worries or cares
Regrets and mistakes they’re memories made
Who would have known how bitter-sweet this would taste

Wish Look

Quanto tempo não posto um wish look aqui,

esse foi completa paixão a primeira vista, básico e com detalhes lindos. Comprei uma bota muito parecida esses dias só que ainda não usei porque né.. não deu.

me vejo nele! heuihe

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: